Dicas para tirar seu Projeto de Tecnologia do papel


Dica Otávio Senna
Provavelmente você já ouviu dizer que estamos vivendo uma transição da era industrial para a digital. Tudo está mudando numa velocidade incrível e é natural que as pessoas comecem a pensar em novas formas de explorar suas profissões, segmentos, modelos de negócios, estilos de vida e tudo que possa ser influenciado pelo poder da tecnologia. Neste contexto, surgem ideias inovadoras e conceitos intitulados disruptivos a toda hora, por todos os lados. No entanto, é preciso ficar alerta porque, embora a tecnologia permita que pensemos soluções novas para problemas antigos, de nada vale uma ideia sem a sua devida execução. Uma ideia boa que não sai do papel ou que tem uma execução ruim não tem valor: parece óbvio, mas muitas pessoas (inclusive profissionais e empreendedores) não conseguem ir além disso.
Toda semana conversamos com alguém que teve uma ideia brilhante e que vai ficar rico; porém, de tanto ouvir este discurso, fomos criando algumas formas de tentar ajudar essas pessoas a fazerem a implementação digital de suas criações. Existe muito conteúdo sobre isso disponível na Internet, blogs e livros, mas hoje quero dividir com você algumas dicas que usamos dentro de nossa casa.


 

PLANEJAMENTO

Este é o ponto de partida e, ao mesmo tempo, o principal momento em que as ideias se perdem. Canvas, Design Thinking, Lean Startup... Não importa o que você usa para planejar sua ideia, o mais importante é não tentar preconceber além do necessário. O ideal é definir o mínimo que se precisa para tirar sua ideia do papel e colocar isso em prática. O problema de planejar muito é que se perde muito tempo tentando prever situações e funcionalidades que podem simplesmente mudar ou não existir mais a frente. Por isso, incentivamos: faça funcionar e vá ajustando no meio do caminho. Afinal, as soluções do mundo da tecnologia nunca estarão 100% prontas. A melhor forma de aprender o que seu projeto precisa é o colocando para rodar. MVP Costumamos dizer que se você quer um aplicativo que faz chover, não precisa que ele faça relampejar e trovejar (pelo menos não num primeiro momento). Usamos esse exemplo para mostrar que é necessário fazer uma importante reflexão sobre o que seu sistema precisa de fato para sair da sua cabeça. Esse pensamento ajuda todos envolvidos a estimarem horas de trabalho, um cronograma assertivo para o desenvolvimento e, principalmente, quais resultados esperar ao final desta fase. Você aprenderá e terá muitas ideias novas ao colocar seu MVP no ar. Portanto, tenha esse objetivo em mente e faça acontecer.

AUTO GERENCIAMENTO

Ao longo da execução de seu projeto, tente ir identificando quais áreas, dados ou funcionalidades podem possuir uma demanda recorrente de atualização ou ajuste. Isso é essencial para que sejam construídas outras funcionalidades que o auxiliem nesta demanda frequente. Imagine que, para fazer chover, seu sistema precisa de uma entrada recorrente de água e, para isso, seria importante ter um painel para que mensalmente alguém colocasse uma carga nova ou, ainda, uma integração direta com a empresa que fornece água. Todavia, ressaltamos: sempre se pergunte se isso é necessário desde o início ou se é algo que poderia entrar em uma 2ª fase de desenvolvimento.

DEMANDAS PARA O FUTURO

Óbvio que enquanto você frita o peixe, deve cuidar do gato. Ou seja, mesmo que você esteja colocando um MVP em prática, é importante ter alguns insights de que tipo de funcionalidade seu sistema precisará no futuro. Como disse antes, talvez tudo mude após a release de sua primeira versão e frente aos feedbacks de seus usuários, mas é importante sim tentar prever o que vem depois. Apenas não perca tempo e dinheiro logo de cara, tentando implementar tudo de uma só vez.

BLADE

Repetindo: não importa muito o modelo que você utiliza e sim a execução do seu projeto. Para ajudar as empresas a darem vida aos seus projetos, a Share Hunter criou uma metodologia que aborda os principais aspectos necessários para rodar um MVP. Clique aqui para conhecer mais sobre o Blade para sistemas.    



Tecnologia Projeto Planejamento Gerenciamento Ideias Inovação MVP Dica

Otávio Senna

Sócio

Otávio Senna é publicitário e um dos sócios da Share Hunter. Especialista em Design,UX, CRM, Trade Marketing e Gestão Comercial.


Inscreva-se em nossa newsletter e não perca nenhum post ou novidade Quero me inscrever!

Entre em contato com nossos Especialistas